OCDE: educação financeira deve começar o mais cedo possível - Christus

OCDE: educação financeira deve começar o mais cedo possível

OCDE: educação financeira deve começar o mais cedo possível

.
Em atendimento à recomendação da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) para que a educação financeira comece o mais cedo possível, levando em conta, em especial, o aspecto comportamental das crianças, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) instituiu, em parceria com a Bolsa de Valores de São Paulo ( BM&FBovespa) e a Escola de Educação Financeira da Rioprevidência, um concurso que visa a incentivar o planejamento financeiro nos jovens. A rede internacional de educação financeira da OCDE atua em mais de 100 países, entre os quais o Brasil, em articulação com a CVM, autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda.

O Concurso Cultural de Redação e Video, criado no ano passado, já definiu os ganhadores de 2015 nas categorias redação, para adolescentes entre 15 e 18 anos, e video, para crianças entre 12 e 15 anos incompletos. A questão formulada foi “O que posso fazer, a partir de hoje, para ter um futuro financeiro melhor?” O concurso está ligado ao objetivo da CVM de estimular a formação de poupança e sua aplicação no mercado de capitais, disse hoje (12) à Agência Brasil o superintendente de Proteção e Orientação aos Investidores, José Alexandre Vasco. A educação financeira está relacionada ao investimento consciente, ressaltou.

A meta é estimular jovens de todo o país a pensar sobre a importância de planejar o futuro para o que tecnicamente é chamado de “decisões intertemporais” de consumir menos no momento e poupar mais para “poder formar uma reserva financeira e construir uma trajetória de vida bem-sucedida”, destacou Vasco. Nesse sentido, disse ser importante que haja uma mudança de atitudes e de comportamento.

As vencedoras do concurso na categoria redação foram Alice Cristina de Freitas Rocha, do Rio de Janeiro, com o tema O Sucesso Começa Agora; Fernanda Mara Rocha Gonçalves, de Belo Horizonte, com o tema Construindo o Futuro; e Sofia Nascimento Milanez, de Fortaleza, com o tema Minha Vida Financeira Futura. Na categoria video, as vencedoras foram Livia Maria Santos Bastos Chaves e Naryane Kércia Araújo Vasconcelos, de Uruburetama (CE). Em segundo lugar ficaram Hikari Koti e Ellen Beatriz Shen, de São Paulo, seguidas de Bianca Spigolon Fabbris e Marielen Hessel de Mello, de Campinas (SP).

A pedagoga da CVM, Débora Gonçalves de Souza, analisou que o fato de todas as vencedoras do certame deste ano terem sido meninas, mostra “o quanto o lado feminino está preocupado com a questão da educação financeira”. A iniciativa recebeu muitos trabalhos também de meninos. “As meninas foram mais diretas, tiveram pontos mais focais em relação a mudar suas atitudes e planejar sua vida financeira”, indicou Débora. José Alexandre Vasco acrescentou que os próximos concursos mostrarão se essa é uma tendência ou se foi um fato atípico. Embora admita que as mulheres estão se aproximando mais da questão financeira, citou pesquisa da CVM, segundo a qual 75% das demandas são apresentadas à autarquia por investidores do sexo masculino.

Os vencedores do concurso receberão os prêmios (certificado e um iPad) em cerimônia programada para o próximo dia 22, no Rio de Janeiro, aberta pelo presidente da CVM, Leonardo Pereira. Na ocasião, o concurso será apresentado a estudantes da rede pública de ensino, com o objetivo de motivá-los a participar das próximas edições. As inscrições podem ser feitas gratuitamente no Portal do Investidor, pelo site www.cvm.gov.br.

Publicada em 16 de junho de 2015
Para saber mais: http://tinyurl.com/nuz73cy

Próximos Eventos

Entre em contato conosco


Todos os campos são obrigatórios

Nossas sedes

Colégio Christus Barão de Studart

Colégio Christus Silva Paulet

Colégio Christus Nunes Valente

Colégio Christus Dionísio Torres

Colégio Christus Parquelândia I

Colégio Christus Parquelândia II

Colégio Christus Parquelândia III

Colégio Christus Jovita Feitosa

Colégio Christus Sul

Colégio Christus Benfica